Tempo
|
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
A+ / A-

Euro 2020. Bilbau indemnizado em 1,2 milhões de euros e com duas finais europeias

11 jun, 2021 - 13:49 • Redação com Lusa

San Mamés ia receber o Campeonato da Europa, mas o governo local não permitiu adeptos no estádio, o que levou a UEFA a deslocar os jogos para Sevilha.

A+ / A-

A UEFA vai compensar Bilbau com 1,3 milhões de euros e com as finais de uma Liga Europa e de uma Liga dos Campeões feminina, devido à perda de quatro jogos do Euro'2020.

O estádio San Mamés era uma das sedes do Europeu e devia receber três encontros do grupo da Espanha na primeira fase e um dos oitavos de final, tendo a UEFA decidido compensar aquela cidade, de acordo com a informação prestada pelo governo da comunidade autónoma do País Basco, pela câmara de Bilbau e pela província de Biscaia.

Em abril último, a UEFA, que impõe uma taxa de ocupação dos estádios de pelo menos 25 por cento, retirou a sede a Bilbau devido às condições fixadas pelo governo basco para permitir público nos recintos, tendo atribuído a mesma a Sevilha, que permite púbico nos estádios.

Entre os critérios sanitários estabelecidos pelo governo basco para permitir o acesso do público estava uma taxa de incidência acumulada em 14 dias inferior a 40 casos por 100 mil habitantes - Bilbau conta atualmente com 176,06 casos - e que a imunidade da população chegasse aos 60 por cento - hoje a população basca com as doses completas chega aos 36 por cento e com pelo menos uma dose é de 55 por cento.

Aquelas três instituições consideraram na altura que a UEFA tinha rompido unilateralmente o contrato e anunciaram que exigiriam uma compensação, recorrendo mesmo aos tribunais.

Com o acordo alcançado, as instituições bascas recuperam a "totalidade" dos 1,3 milhões de euros que já tinham gastado para que San Mamés fosse a sede espanhola do Europeu.

Além de exigiram a recuperação do dinheiro já gasto, as instituições exigiam também uma reparação por terem perdido um evento internacional que podia dar um importante impulso económico à cidade, território e país.

Esta exigência vai ser compensada pela UEFA com a disputa nos próximos anos em San Mamés de uma final da Liga Europa e uma final da Champions feminina, as competições europeias de clubes de maior nível que o estádio pode acolher, já que não tem as condições mínimas exigidas para uma final da Champions masculina.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+