Tempo
|
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
A+ / A-

Euro 2020

ECDC reforça vigilância e deixa recomendações aos adeptos que queiram assistir ao Euro

11 jun, 2021 - 11:41 • Joana Gonçalves

O Centro Europeu para o Controlo e Prevenção de Doenças reforçou as "atividade de vigilância epidémica" a 4 de junho e deverá mantê-las até ao final da competição, que contará com a presença de 460 mil espectadores.

A+ / A-

Adiado por um ano, devido à pandemia de Covid-19, o Euro 2020 arranca esta sexta-feira. Na data de início da competição, o Centro Europeu para o Controlo e Prevenção de Doenças (ECDC, na sigla inglesa) avança que vai reforçar a vigilância epidemiológica durante todo o evento, "num esforço para grantir a segurança de todos".

“Como estou certa que muitos na Europa estão ansiosos pelo Euro 2020 e por assistir às suas seleções nos estádios por todo o continente, é importante lembrar que a pandemia ainda não acabou", alertou Andrea Ammon, diretora do organismo internacional.

"Devemos permanecer vigilantes face a qualquer aumento de infecções. O ECDC fará a sua parte através do aumento das atividades de vigilância epidemiológica antes, durante e depois do torneio, num esforço para grantir a segurança de todos”, lê-se no mesmo comunicado.

A competição europeia, que soma 51 jogos, realizados entre 11 de junho e 11 de julho, de 24 seleções, contará com a presença de 460 mil espectadores. Todos os adeptos que queiram assistir aos jogos terão de apresentar um comprovativo de vacinação, teste negativo à Covid-19 ou de infeção prévia.

O Centro europeu deixou ainda um conjunto de recomendações a todas as pessoas que queiram assitir ao Euro 2020 ao vivo.

  1. Antes de viajar, é altamente recomendável verificar as últimas restrições devido à Covid-19 nos sites oficiais do país anfitrião e nos estádios. O portal Re-open EU da Comissão Europeia é um recurso que permitirá ao público manter-se atualizado com as orientações a seguir em toda a região.
  2. Além dos requisitos e recomendações da Covid-19, as recomendações gerais de saúde devem ser aplicadas a todos, incluindo ter todas vacinas em dia, conforme necessário e de acordo com os cronogramas nacionais.
  3. Os viajantes também devem seguir boas práticas de higiene para evitar doenças transmitidas por alimentos ou água e minimizar o risco de doenças respiratórias, lavando as mãos frequentemente com água e sabão, usando desinfetantes para as mãos, praticando a etiqueta respiratória e usando uma máscara.
  4. Evitar o contato direto com qualquer pessoa que apresente febre e / ou sintomas respiratórios (por exemplo, tosse, espirro, etc.).
  5. Em caso de febre ou qualquer outro sintoma, deve consultar um profissional de saúde para facilitar o diagnóstico e tratamento precoces.
  6. Os indivíduos infectados devem abster-se de qualquer atividade e contato direto com outras pessoas. Se a consulta ocorrer após o regresso da viagem, o prestador de cuidados de saúde deve ser informado sobre a viagem ao país anfitrião da UEFA.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+