Tempo
|
A+ / A-

Polícia Judiciária detém jovem por burlas com MB WAY

09 jun, 2021 - 11:05 • Celso Paiva Sol

Ao aceder a várias contas bancárias, terá arrecadado 200 mil euros, uma média de oito mil euros por mês.

A+ / A-

A Polícia Judiciária deteve um homem com 23 anos, residente nos arredores de Aveiro, suspeito de largas dezenas de crimes informáticos concretizados através da aplicação de pagamentos MBWAY.

A Polícia Judiciária diz ter fortes indícios de que, nos últimos três anos, o detido teve acesso a dezenas de contas bancárias de pessoas que anunciavam a venda de bens online, donde terá conseguido retirar 200 mil euros.

De acordo com a Judiciária, só nas suas contas depositou 150 mil euros – uma média de oito mil euros por mês.

O suspeito já foi ouvido pelo Tribunal de Aveiro, donde saiu obrigado a apresentar-se duas vezes por dia na esquadra da área de residência e proibido de usar meios eletrónicos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+