Tempo
|
Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

​Longa caminhada

04 jun, 2021 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Dada a expressão mais substantiva dos nossos vizinhos, a sua dimensão territorial, e o maior número de instalações desportivas, caber-lhes-à garantidamente uma maior fatia de desafios a realizar.

A caminhada vai ser longa e não deixará de ser sujeita a percalços de vária ordem. Referimo-nos à candidatura conjunta de Portugal e da Espanha à organização do Mundial de Futebol de 2030 que hoje vai ser formalizada na capital espanhola, com o alto patrocínio do nosso Presidente da República e do Rei de Espanha, Filipe VI.

Trata-se de uma iniciativa arrojada que, a nove anos de distância e face a diversos dados disponíveis nesta altura, pode ser encarada com algum otimismo.

A Espanha é uma reconhecida potência do futebol mundial, enquanto Portugal começa a justificar cada vez a obtenção de igual estatuto.

Por outro lado, na Península Ibérica existem atualmente instalações desportivas capazes de satisfazerem as exigências da Fifa, havendo, no entanto, necessidade de reconhecer que no espaço-tempo que nos separa do ano 30 terão forçosamente de ser feitas grandes melhorias e inovações nos estádios que hão-de servir de ponto de realização dos jogos.

Dada a expressão mais substantiva dos nossos vizinhos, a sua dimensão territorial, e o maior número de instalações desportivas, caber-lhes-à garantidamente uma maior fatia de desafios a realizar. Apesar disso, parece também razoável que a estreia e a final venham a ser distribuídas equitativamente por ambos os países.

A partir de agora não deixarão certamente de se levantar, entre nós, muitas vozes a tentar contrariar este desígnio, juntando a acusação de não passarmos de muleta da Espanha que, como se sabe, tem condições para assumir sozinha uma candidatura.

Os espanhóis organizaram o Mundial de 1982 e, mesmo tratando-se de uma prova sobre a qual já passaram quase quarenta anos, não custa reconhecer que se revestiu de um enorme sucesso. Além disso, foram Campeões do Mundo em 2010 na África do Sul, sendo esse é um trunfo que não deixará de ser também colocado na mesa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.