Tempo
|
A+ / A-

Moderna pede à UE para autorizar vacina a adolescentes

23 mai, 2021 - 09:57 • Vítor Mesquita , Daniela Espírito Santo

O pedido vai ser entregue já no início de junho.

A+ / A-

A Moderna vai pedir à União Europeia autorização para uso da sua vacina contra a Covid-19 em adolescentes dos 12 aos 17 anos.

O pedido vai ser entregue já no início de junho. O anúncio foi feito pelo presidente da empresa, Stéphane Bancel, ao jornal Le Journal du Dimanche.

Na mesma entrevista, Bancel defende que "deveríamos vacinar com uma terceira dose todos os que estão em risco desde o final do verão". "Quero ajudar a salvar vidas", assegura o CEO da Moderna, engenheiro formado em bioquímica e que entrou recentemente para a lista de multimilionários da revista Forbes.

Atualmente, apenas a vacina da Pfizer/BioNTech é autorizada para jovens entre os 16 e 18 anos na União Europeia, tendo a Pfizer solicitado autorização para uso em jovens dos 12 a 16 anos, algo que já aconteceu nos Estados Unidos da América.

A Moderna também está a testar a eficácia de três diferentes reforços contra quatro variantes do coronavírus, esperando os primeiros resultados no início de junho.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+