Confrontos entre migrantes e polícia perto de Ceuta. Há 1.500 menores que não podem ser deportados

20 mai, 2021 - 11:11 • Sofia Freitas Moreira (edição) Reuters (imagens)

Cerca de 300 migrantes marroquinos confrontaram a polícia em motins, ao anoitecer de quarta-feira, quando tentavam atravessar o destacamento policial em Castillejos, a quase um quilómetro da estrada principal para Ceuta. O Ministério do Interior espanhol disse que 1.500 menores se encontravam entre os oito mil migrantes. Por lei, a Espanha não pode devolver menores não acompanhados, a menos que os seus pais o solicitem.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.