Tempo
|
A+ / A-

Covid-19

Previsão aponta para 200 mil pessoas vacinadas este fim de semana

16 mai, 2021 - 20:39

Este domingo foram vacinados mais de 53,500 docentes, não docentes e trabalhadores das respostas sociais, informa o grupo liderado por Gouveia de Melo.

A+ / A-

Veja também:


A "task force" que coordena o programa de vacinação contra a Covid-19 prevê que este fim de semana venham a ser vacinadas 200 mil pessoas, segundo informação fornecida este domingo à agência Lusa.

"De acordo com dados provisórios, neste fim de semana foram, até às 18h00, administradas cerca de 191 mil vacinas, estimando-se que se possam alcançar as 200 mil inoculações" até ao final do dia, adiantou a estrutura liderada pelo vice-almirante Gouveia e Melo.

De acordo com a informação disponibilizada pela "task force" que coordena a logística da vacinação em Portugal continental, as vacinas abrangeram funcionários ligados ao ensino e profissionais de serviços sociais.

"Até às 18h00 do dia de hoje foram vacinados mais de 53.500 docentes e não docentes e trabalhadores das respostas sociais, num total de mais de 61.600 inoculações", pormenorizou o grupo responsável pela vacinação contra o novo coronavírus. .

A estrutura liderada por Gouveia e Melo acrescentou que no sábado foi registado "um novo recorde diário", com um total de mais de 129 mil pessoas vacinadas.

A pandemia de Covid-19 provocou, pelo menos, 3.371.695 mortos no mundo, resultantes de mais de 162,4 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 17.007 pessoas dos 842.182 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+