Tempo
|
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
A+ / A-

Sporting

Rúben Amorim desvaloriza primeira derrota. "Mais vale agora que somos campeões"

15 mai, 2021 - 20:25 • Redação

"Os jogadores não têm culpa que o treinador mude tudo", assume o técnico do Sporting, após perder com o Benfica.

A+ / A-

Rúben Amorim mostrou-se pouco preocupado com a primeira derrota no campeonato, pelo "timing" e pelas circunstâncias, apesar de admitir que gostaria de ter mantido a invencibilidade frente ao Benfica e até ao fim.

"Mais vale sofrer agora que somos campeões do que estar a sofrer no futuro. Queríamos ganhar, queríamos manter a invencibilidade, sabemos que os adeptos também queriam, mas não conseguimos. Mas o mais importante está feito: ganhámos o campeonato e estamos a preparar o futuro", afirmou o treinador do Sporting, em declarações à BTV.

A derrota (4-3) com o Benfica também surgiu, na opinião de Rúben Amorim, das várias trocas de jogadores no onze inicial. Não pela fraca prestação dos habituais suplentes, mas sim porque, e aqui o técnico chamou para si a responsabilidade, houve demasiadas alterações:

"Temos de fazer estas mudanças. Eu é que não ajudei muito, foram muitas ao mesmo tempo. Os jogadores estiveram muito bem, deram tudo. Eles não têm culpa que o treinador mude tudo. Retificámos e voltámos a ser a equipa que mostrámos ser durante o resto do campeonato."

Foi, nessa linha que Rúben Amorim analisou o jogo. Depois de estar a perder por 3-0, o Sporting marcou sobre o intervalo e acreditou.

"Voltámos a sofrer um golo e depois fomos atrás do resultado, uma boa segunda parte. A equipa mostrou a alma e força que tem", vincou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+