Tempo
|
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
A+ / A-

Benfica

Varandas Fernandes. Sporting não terá guarda de honra na Luz e o desejo da final da Taça com público

13 mai, 2021 - 12:45 • João Fonseca

Vice-presidente do Benfica ainda acredita no segundo lugar, assegura respeito na receção ao novo campeão e deseja ver público em Coimbra para a decisão da Taça de Portugal, com o Braga.

A+ / A-

João Varandas Fernandes, vice-presidente do Benfica, disse esta quinta-feira a Bola Branca que "tem que ser reconhecido mérito" ao Sporting, pela conquista do campeonato, mas não haverá qualquer receção especial ao campeão nacional no dérbi no Estádio da Luz.

O dirigente entende que não haverá necessidade de "uma receção especial" ao novo campeão, que este sábado joga na Luz, sublinhando que os leões "serão recebidos com respeito", tal como sucede com todos os outros clubes que jogam no estádio dos encarnados.

"Não há receção nenhuma especial, há respeito pelos clubes, é isso que o Benfica tem. Recebemos todos os clubes de maneira igual, sejam maiores ou mais pequenos. É isso que vamos fazer ao Sporting quando os formos receber no nosso estádio, com o mesmo respeito", diz.

O dirigente volta a insistir que nesta competição, a equipa comandada por Jorge Jesus teve "uma grande infelicidade", com inimigo identificado e chamado "pandemia", logo com "influência direta no desfecho do campeonato".

Agora, assegura o vice benfiquista que a direção e o presidente Luís Filipe Vieira já "olham para a frente e preparam a próxima época", embora esta seja para "terminar com vitórias". Varandas Fernandes ainda acredita no segundo lugar, em ultrapassar o FC Porto "enquanto for matematicamente possível".

A temporada deixa o universo encarnado "triste", mas há vitórias para conseguir no campeonato contra Sporting e Vitória de Guimarães e uma Taça de Portugal, disputada em Coimbra, para vencer ao Braga.

Expetativa de público em Coimbra

E é no último jogo da temporada que se centra o foco benfiquista e não só no triunfo na competição rainha. O dirigente das águias, espera que a exemplo do que sucederá na última ronda da Liga, a Taça de Portugal também tenha público nas bancadas.

"Acredito e é desejável que haja. Neste momento, na fase em que estamos da pandemia, é possível retornar o público aos estádios. O futebol está a precisar muito de público no estádio", sublinhando que há regras que devem ser cumpridas.

Varandas Fernandes explica que não está "ansioso" pela decisão que espera seja comunicada pela Federação Portuguesa de Futebol, apenas reforça que este deve ser o caminho a seguir depois da comunicação da Liga para a última jornada do campeonato.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+