Tempo
|
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
A+ / A-

Rúben Amorim vai continuar no Sporting. "Estou muito feliz aqui"

12 mai, 2021 - 00:05 • Redação

Treinador falava depois de os jogadores invadirem a sala de imprensa para celebrar. Há três anos, Rúben Amorim orientava um clube na terceira divisão, agora conquista o campeonato e tira-se-lhe "um peso de cima".

A+ / A-

Rúben Amorim garante que vai continuar no Sporting na próxima temporada, após a conquista do título de campeão nacional ao fim de 19 anos.

"A resposta a essa pergunta é fácil. Vou continuar no Sporting, tenho contrato e estou muito feliz aqui", disse Rúben Amorim na conferência de imprensa após a vitória sobre o Boavista, por 1-0, que valeu o triunfo no campeonato.

O treinador do Sporting falava depois de os jogadores invadirem a sala de imprensa para celebrar com Rúben Amorim.

O jovem técnico, que há três anos orientava o Casa Pia na terceira divisão, admite que a conquista do campeonato lhe tira "um peso de cima".

Nestas declarações aos jornalistas, Rúben Amorim fez um balanço da época e aproveitou para agradecer o apoio dos adeptos ao longo do ano.

"Foi uma boa época. Dizer aos sportinguistas muito obrigado pelo apoio, principalmente àqueles que deram o benefício da dúvida a esta época. Lembrem-se deste momento para daqui a mês e meio se perdermos mais um joguinho não virem logo com lenços brancos", pediu o treinador com sorrisos pelo meio.

"Se estivermos todos unidos, seremos melhores. Nunca pensei muito a longo prazo. Para o fim tivemos essa noção [de que podíamos ser campeões], mas no momento em que parecia estar mais tranquilo começámos a perder pontos. Sentimos alguma desconfiança à volta da equipa, mas demos a volta. Soubemos segurar isto em alturas difíceis", sublinhou.

"Inexperiência foi um ponto muito positivo"

Rúben Amorim aproveitou algumas dúvidas levantadas sobre a equipa, como após o afastamento da Liga Europa, para motivar os jogadores.

"A desconfiança é normal, mas os maus momentos deram-nos forças. De cada vez que duvidavam de nós, mostrei aos jogadores para motivar a equipa. Essas críticas fizeram parte deste título."

O treinador admite que a "inexperiência" de muitos jogadores do plantel acabou por ser "um ponto muito positivo".

"Em momentos de grande pressão e dúvida, a juventude deles foi muito importante, tal como a experiência. A inexperiência tirou-nos muita pressão. São jogadores muito alegres. Também se notou nervosismo."

"Ninguém pensava que fosse possível, mas foi o trajeto que fizemos. Temos muita gente a ajudar. Tivemos uma estrutura muito compacta. O 'staff' é muito familiar. O clube é enorme. Para o ano há Liga dos Campeões. Temos um percurso a fazer. Não vamos dar passos maiores do que a perna. Se este ano foi de sofrimento, o próximo ainda mais. Vamos dar o máximo", sublinhou.

Mensagem para a associação de treinadores

Na hora do título, Rúben Amorim falou também da contestação da Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF) ao facto de não ter o quarto nível.

"Não vivo a vida a dar chapadas de luva branca, mas às vezes [conflito com a ANTF] deixou-me chateado e queria muito ser campeão por algumas coisas que também não são muito saudáveis. Agora já passou. Não sou associado da ANTF, não interessa se dizem bem, o que fazem. Eles defendem os treinadores deles. Não sou associado da ANTF, nunca serei", atirou.

Depois de garantir o campeonato, Amorim quer agora terminar a Liga invicto.

"É um objetivo não perder nenhum jogo, mas temos tempo para estrear o André Paulo, o nosso terceiro guarda-redes, e dar minutos a jogadores que não puderam jogar tanto. Fico feliz por isso. É muito mais importante para mim que eles sejam todos campeões do que bater recordes."

Os momentos-chave da temporada? O treinador do Sporting apontou alguns: "Tivemos momentos importantes. O jogo em Braga ajudou. O que o Porto empatou [Moreirense]. Depois tivemos aquele jogo importante em Vila do Conde. Hoje foi a imagem da época, uma equipa que é superior ao adversário, joga bem, mas falha muitos golos e podia ter resolvido muito mais cedo".

Amorim deixou ainda uma palavra para o avançado Paulinho, que chegou a Alvalade no mercado de inverno oriundo do Sporting de Braga.

"O Paulinho hoje falhou muitos golos. Podia ter feito mais golos. É um jogador muito importante, não é mais nem menos do que pensávamos, o que pensávamos era o Paulinho. Ainda bem que o clube acreditou em nós", disse o técnico.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+