Tempo
|
A+ / A-

Foi à festa do Sporting? Evite contactos esta semana, pede especialista

12 mai, 2021 - 10:34 • Redação

Os especialistas temem um aumento de casos de Covid-19 depois do incumprimento das regras sanitárias durante os festejos pela conquista do título nacional de futebol pelo Sporting. Vice-presidente da Associação de Médicos de Saúde Pública responsabiliza autoridades e adeptos.

A+ / A-

Quem esteve nos festejos de terça-feira que juntaram muita gente na rua sem a devida distância e sem o cumprimento de outras normas de segurança em tempo de pandemia, deve usar máscara e a evitar contactos com outras pessoas nos próximos dias.

“Há um período de incubação do vírus que ronda os três a cinco dias, por vezes um pouco mais e, portanto, se as pessoas que participaram nos festejos evitarem contactos com outros e cumprirem com todas as normas da Direção-Geral da Saúde poderemos evitar” consequências maiores, defende o médico Ricardo Baptista Leite.

O também deputado deseja que aquilo que foi “a imprudência de alguns não tenha de ser pago por todos, sobretudo depois de um ano tão difícil, em que se pediram tantos sacrifícios às pessoas, às empresas, à economia, com consequências devastadoras para a saúde de cada um de nós. Não devemos agora deitar tudo a perder”, considera, em declarações à Renascença.

Na terça-feira, dezenas de milhares de pessoas celebraram sem distanciamento, e muitas sem máscara, a conquista do Sporting, apesar do atual estado de calamidade. O comportamento é visto como perigoso e preocupante pelo vice-presidente da Associação de Médicos de Saúde Pública. Gustavo Tato Borges responsabiliza tanto autoridades como adeptos.

“Primeiro, os adeptos, porque não conseguiram raciocinar sobre a situação e viveram isto como se fosse o último dia do mundo. E depois as instituições também falharam, porque era necessário ter um plano para estes festejos, especialmente em Lisboa”, defende.

Na opinião deste especialista, deveria ser “obrigatório que todas as câmaras municipais onde isto pudesse ter uma dimensão considerável se tivessem preparado em conjunto com as autoridades de saúde, com a PSP, com o próprio clube no caso de Lisboa, de maneira a terem barreiras, vigilância policial, circuitos; terem forma de festejarmos mas com segurança e com preparação. E, de facto, isso não houve”.

Gustavo Tato Borges considera que permitir a entrada de adeptos no Estádio de Alvalade teria sido preferível – opinião que vai ao encontro da do antigo ministro da Saúde Adalberto Campos Fernandes, também à Renascença.

Nos festejos da última noite, a polícia chegou a disparar balas de borracha para conter os milhares de adeptos. Vários objetos foram arremessados aos agentes, como pedras e garrafas. O balanço final fica para mais tarde, mas confirma-se vários feridos e detenções.

A Câmara Municipal de Lisboa anunciou, entretanto, que a receção aos novos campeões nacionais será no dia 20, quinta-feira da próxima semana, ainda sem hora marcada.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Maria Oliveira
    12 mai, 2021 Lisboa 14:07
    O desleixo e a incúria de sempre. Nem primeiro-ministro, Ministério da Administração Interna (Polícias), nem a Câmara Municipal de Lisboa, previram, planearam e executaram as medidas adequadas para evitar esta situação em plena pandemia. O falhanço do Estado em todo o seu esplendor ...
  • Maria
    12 mai, 2021 Palmela 11:12
    Porque razao o irritante marcelo" nao da o exemplo aos portugueses anda sempre de cu no ar" dum lado pro outro desde o inicio da pandemia!

Destaques V+