"Estou aqui por ser presidente do Benfica". Nove momentos de Luís Filipe Vieira sobre o Novo Banco

11 mai, 2021 - 20:03 • Inês Rocha

Em cinco horas de audição, Luís Filipe Vieira disse-se vítima de calúnias e afirmou ter a certeza de ter sido chamado à comissão de inquérito "por ser presidente do Benfica". Confessou ter um "trauma" sobre os negócios no Brasil e admitiu ter entrado em incumprimento com o BES (depois de ter repetido várias vezes o contrário). Questionado sobre o seu património, negou que tivesse apenas uma "casa para palheiro". "Tenho outros negócios, tenho uma boa reforma, vivo bem”, disse. Nesta comissão de inquérito, Vieira admitiu ainda que foi José António dos Santos, o "Rei dos Frangos", quem ficou com a dívida da Imosteps e os ativos dessa empresa.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.