Tempo
|
A+ / A-

Covid-19: Auto-agendamento a partir dos 60 anos deve arrancar na próxima semana

07 mai, 2021 - 19:03 • Lusa

Início do auto-agendamento "permitiu um incremento muito significativo de agendamentos e a libertação de profissionais de saúde", afirma fonte da "task force".

A+ / A-

Veja também:


O auto-agendamento para a vacinação contra a covid-19 deverá passar a contemplar as pessoas a partir dos 60 anos, em vez dos atuais 65, já no final da próxima semana, adiantou hoje à Lusa fonte da "task force".

"Tratando-se de um sistema complexo e massivo e que se encontra em transição, optou-se nesta fase inicial abrir o auto-agendamento somente a pessoas com mais de 65 anos, sendo expectável abrir o auto-agendamento para as pessoas com mais de 60 anos no final da próxima semana ou início da seguinte", respondeu a "task force" a uma questão enviada pela Lusa.

A medida visa dar continuidade ao aumento do ritmo de vacinação - que atingiu na quinta-feira pela primeira vez cerca de 100 mil doses administradas -, com vista a ter toda a faixa etária acima dos 60 anos de idade vacinada com pelo menos a primeira dose "até ao final de maio ou na terceira semana de maio", como antecipou em 21 de abril a ministra da Saúde, Marta Temido.

A "task force" responsável pela coordenação do plano de vacinação salientou também o papel do sistema de autoagendamento pela Internet na intensificação da administração de vacinas para o objetivo de 100 mil inoculações diárias, cuja marcação era anteriormente centralizada nos serviços de saúde, nomeadamente Administrações Regionais de Saúde (ARS) e Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES).

"Esta mudança permitiu um incremento muito significativo de agendamentos e a libertação de profissionais de saúde, que se encontravam empenhados no agendamento local, contribuindo de forma muito significativa para o necessário aumento do ritmo de inoculações. Sem esta mudança não seria possível atingir o ritmo de vacinação necessário", esclareceu a mesma fonte da "task force".

Em 23 de abril entrou em funcionamento o portal destinado ao auto agendamento para a vacinação, que tinha registado, até ao início desta semana, cerca de 206 mil inscrições para a toma da vacina contra a covid-19. Portugal atingiu já um milhão de pessoas com a vacinação completa com a segunda dose ou com a inoculação com a vacina de toma única da Janssen, o que corresponde a mais de 10% da população portuguesa.

Em Portugal, morreram 16.989 pessoas dos 838.852 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+