Tempo
|
Autárquicas 2021
37,05%
7Câmaras
23,84%
5Câmaras
14,16%
0Câmaras
5,91%
0Câmaras
4,61%
1Câmaras
2,51%
0Câmaras
2,23%
0Câmaras
0,8%
0Câmaras
0,21%
0Câmaras
4,45%
0Câmaras
  • Freguesias apuradas: 1050 de 3092
  • Abstenção: 36,46%
  • Votos Nulos: 1,77%
  • Votos em Branco: 2,46%

A+ / A-

TAP suspende contratos a 380 trabalhadores para preparar saída da empresa

05 mai, 2021 - 09:57

A empresa está na última fase do programa de medidas voluntárias, cujo período de adesão decorre até à próxima segunda-feira.

A+ / A-

Nesta altura, 380 trabalhadores da TAP em lay-off, abrangidos pelas medidas voluntárias, estão a passar à situação de suspensão do contrato até decidirem se aderem ou não.

Segundo o jornal ECO, a empresa prevê que saiam cerca de 500 trabalhadores, sendo que quem é chamado a aderir fica com o contrato de trabalho suspenso até decidir. Atualmente, estão nesta situação 380 pessoas.

A empresa está na última fase do programa de medidas voluntárias, cujo período de adesão decorre até à próxima segunda-feira.

A TAP confirma esta informação, explicando que decorrem neste momento reuniões individuais com os trabalhadores identificados.

A companhia aérea e os sindicatos acordaram uma série de medidas voluntárias — rescisões por mútuo acordo, reformas antecipadas, pré-reformas, trabalho a tempo parcial e licenças sem vencimento — para reduzir a necessidade de despedimentos no âmbito do plano de reestruturação.

Nas duas primeiras fases, o programa era aberto a todos, mas desta vez é direcionado a quem preenche determinados critérios. Este modelo assenta num algoritmo definido por uma consultora tem sido alvo de críticas por parte dos sindicatos.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+