Papa recorda 130 migrantes afogados no Mediterrâneo. "Rezemos por aqueles que podem ajudar, mas olham para o lado"

25 abr, 2021 - 12:41 • Vatican News (imagens)

No final do Regina Coeli deste domingo, o Papa Francisco confessou-se "muito triste com a tragédia que, uma vez mais, aconteceu há dias no Mediterrâneo. 130 migrantes morreram no mar. São pessoas. São vidas humanas que, durante dois dias inteiros, pediram ajuda, em vão. Uma ajuda que não chegou".

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.