Tempo
|
A+ / A-

Ténis

“Sonho tornado realidade”. Nuno Borges no Estoril Open

25 abr, 2021 - 17:33 • Lusa

Português não tem ainda adversário no quadro principal do torneio luso.

A+ / A-

Nuno Borges, o primeiro tenista português a qualificar-se para o quadro principal do Estoril Open por via do “qualifying”, confessou estar a viver "uma experiência incrível e única" no Clube de Ténis do Estoril.

O jogador natural da Maia, 331.º colocado no 'ranking' ATP, eliminou o espanhol Roberto Carballes Baena, número 91 da hierarquia mundial, em dois sets, pelos parciais de 7-5 e 6-4, e garantiu, assim, o apuramento inédito para um quadro principal de um torneio ATP.

"É um sonho tornado realidade, nem sequer achava ter hipóteses de jogar o 'qualifying'. Só aí já foi uma experiência muito boa, ainda estou perplexo", começou por contar, em declarações cedidas pela organização do evento.

Borges, de 24 anos, só teve entrada na fase de qualificação do Estoril Open graças a um “wild card”, e, para integrar o lote de jogadores que vão disputar o título do ATP 250 português, derrotou, na estreia, o britânico Liam Broady (137.º), por 6-3 e 7-5, e hoje o favorito Carballes Baena, recente campeão do “challenger” de Belgrado.

"Joguei muito bem, é o exemplo de que é sempre possível ganhar. Estando focado e a jogar bem, o outro também pode ter um momento baixo e duvidar de si próprio. Consegui executar tudo muito bem. No geral, fiz um encontro muito bom e estou muito contente com o nível que tenho apresentado", avaliou.

O tenista maiato aguarda agora pelo sorteio dos “qualifiers” para conhecer o nome do próximo adversário, que poderá ser o francês Jeremy Chardy (51.º ATP), o croata Marin Cilic (44.º ATP), campeão do Open dos Estados Unidos, em 2014, o australiano Jordan Thompson (59.º ATP) ou o cazaque Alexander Bublik (42º ATP).

"É o 'highlight' da minha carreira. Agora, é para dar tudo. Tenho vindo a jogar bem, mas tenho de aproveitar estas oportunidades para sentir que deixei tudo lá e que não sobrou nada", acrescentou o campeão nacional e vice-campeão do “challenger” 2 de Oeiras.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+