Tempo
|
A+ / A-

Papa quer ir ao Líbano “logo que as condições o permitam”

22 abr, 2021 - 12:20 • Aura Miguel

Após um encontro com o primeiro-ministro libanês, Francisco reforçou a sua vontade em visitar o país.

A+ / A-

O primeiro-ministro indigitado do Líbano, Saad Hariri, foi recebido, esta quinta-feira, pelo Papa, em audiência privada.

Num comunicado, o diretor da Sala de Imprensa do Vaticano refere que “durante as conversações, que duraram cerca de trinta minutos, o Papa quis reiterar a sua proximidade ao povo libanês, que vive tempos de grandes dificuldades e incertezas, e recordou a responsabilidade de todas as forças políticas em se comprometerem urgentemente pelo bem da nação”.

A Santa Sé acrescenta ainda que o Papa “reafirmou o seu desejo de visitar o país, logo que as condições permitam” e espera que o Líbano, com a ajuda da comunidade internacional, “volte a encarnar ‘a fortaleza dos cedros, a diversidade que da fraqueza se faz força no grande povo reconciliado’, cumprindo a sua vocação de ser uma terra de encontro, convivência e pluralismo ”.

Uma nota do gabinete de Hariri refere que o encontro “reforça as relações históricas entre a Santa Sé e o país dos cédros, bem como o papel que o Vaticano pode desempenhar para ajudar o Líbano a enfrentar as crises que atravessa”.

No início de março, no regresso da sua viagem ao Iraque, o próprio Francisco manifestou o desejo de visitar o Líbano, na condição de não perturbar a difícil recuperação em curso naquele país do Médio Oriente.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+