Tempo
|
A+ / A-

Balanço DGS

Portugal contabiliza mais três mortes e 441 novos casos de infeção

18 abr, 2021 - 14:33 • Redação

Boletim mostra um aumento dos internamentos. Em 24 horas, mais 395 pessoas recuperaram da doença.

A+ / A-

Veja também:


O boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) revela que há a registar mais três óbitos relacionados com a pandemia de Covid-19 e 441 novos casos de infeção.

Desde o início da pandemia Portugal já contabilizou 831.001 casos confirmados e 16.945 óbitos.

Em internamento nas enfermarias estão 428 doentes (mais 13). Já nos cuidados intensivos, Portugal tem este domingo 109 pessoas (mais seis) em 24 horas.

Por região, o Norte concentra mais novos casos confirmados (44%), depois Lisboa e Vale do Tejo (25%), zona Centro (10%), Algarve (9%), Açores (7%), Madeira (4%) e Alentejo (1%).

Em termos de idade, a faixa etária dos 40 aos 49 é a que regista mais novos casos (143). A seguir é a dos 30 aos 39 (com 91).

O número de contactos em vigilância pelas autoridades de saúde aumentou para 20.712 (mais 74).

Quanto aos recuperados, o valor fixou-se em 788.669, mais 395.

De acordo com o a DGS, Portugal ultrapassou as 2.5 milhões de doses de vacinas administradas. Com duas doses há 651.442 pessoas.

Na sexta-feira, foi divulgado que o índice de transmissibilidade, denominado R(t), desceu para 1,05 a nível nacional (antes estava a 1,06) e para 1,04 se só tivermos em conta o território continental (a última atualização era de 1,05).

Também desceu a incidência da infeção pelo SARS-CoV-2. A nível nacional situa-se nos 71,6 casos por 100 mil habitantes (antes era de 72,4) e no continente é de 68,0 (antes era de 69,0).

Estes são os dois indicadores que servem de base para a matriz de risco definida pelo Governo, sendo que Portugal mantém-se muito próximo da zona amarela.

A nova fase de desconfinamento avança segunda-feira na “generalidade do território nacional”, mas 10 concelhos recuam ou ficam na segunda fase.

A pandemia do novo coronavírus provocou a nível mundial 11.780 mortes e 755.701 novas infeções por SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, segundo o balanço da agência France-Presse (AFP).

Desde que o novo coronavírus foi identificado na China, em dezembro de 2019, a Covid-19 já matou pelo menos 3.011.975 pessoas em todo o mundo.

Mais de 140.614.340 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados no mundo.

Segundo o relatório da AFP, a grande maioria dos doentes recupera, mas há uma parte, o que ainda carece de uma maior investigação, que mantém os sintomas por semanas ou até meses.

A AFP informa que, nas últimas 24 horas, os países que registaram mais óbitos foram o Brasil com 2.929 mortes, a Índia (1.501) e os Estados Unidos (675).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+