Tempo
|
A+ / A-

Morte de Jorge Coelho. Rui Rio ​presta "sentida homenagem" ao histórico socialista

07 abr, 2021 - 20:04 • Redação

A+ / A-

O presidente do PSD lamenta a morte do socialista Jorge Coelho. Rui Rio recorda o homem afável que faleceu esta quarta-feira, aos 66 anos.

“Lamento profundamente o súbito desaparecimento de Jorge Coelho, pessoa afável e de excelente trato, com quem eu tinha uma agradável relação pessoal”, afirma o líder social-democrata.

Numa mensagem publicada nas redes sociais, Rui Rio presta “sentida homenagem” e envia as condolências “à sua família e ao Partido Socialista”.

O antigo ministro Jorge Coelho morreu esta quarta-feira, confirmou à Renascença fonte do Partido Socialista. O histórico socialista tinha 66 anos.

Jorge Coelho terá sofrido um problema cardíaco, avançam vários órgãos de informação.

Fez parte de dois governos socialistas liderados por António Guterres e demitiu-se na sequência da queda da ponte de Entre-os-Rios. "A culpa não pode morrer solteira", disse na sequência do trágico acontecimento.

Tornou-se empresário e entrava todas as semanas em casa dos portugueses através da televisão, em programas de comentário político.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+