Tempo
|
A+ / A-

Itália

Berlusconi está no hospital, mas deve sair em breve

24 mar, 2021 - 11:15 • Marta Grosso com agências

O ex-primeiro-ministro italiano está internado desde segunda-feira. Tem 84 anos.

A+ / A-

Silvio Berlusconi foi internado num hospital de Milão para exames de rotina, mas deve ter alta em breve, anunciou nesta quarta-feira o partido de que faz parte, Forza Italia.

“Berlusconi está atualmente hospitalizado em San Raffaele (em Milão) para acompanhamento clínico de rotina e realização de ajustamentos à terapia que segue. Terá alta em breve”, indica o partido em comunicado, citado pela agência Reuters.

O ex-primeiro-ministro italiano foi internado na segunda-feira e os seus compromissos públicos foram cancelados. Também não pôde comparecer em tribunal, onde era esperado nesta manhã.

Silvio Berlusconi, também magnata da comunicação social, tem 84 anos e não é a primeira vez que é hospitalizado com problemas de saúde. Em setembro contraiu Covid-19 e foi depois internado com pneumonia bilateral.

Estar infetado com o novo coronavírus foi “o desafio mais perigoso da sua vida”, admitiu.

Em janeiro deste ano, Berlusconi foi hospitalizado de urgência no principado do Mónaco, devido a um "problema cardíaco arritmológico".

Silvio Berlusconi foi três vezes primeiro-ministro de Itália e tem um ‘pacemaker’ desde 2006.

É arguido no caso “Ruby Ter”, que investiga a existência de corrupção para comprar o silêncio de testemunhas sobre as festas polémicas que o ex-chefe de governo organizava.

Em 2016, foi submetido a uma cirurgia devido a uma grave insuficiência cardíaca.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+