Tempo
|
A+ / A-

Covid-19. Boris Johnson é vacinado esta sexta-feira com vacina da AstraZeneca

19 mar, 2021 - 10:25 • Manuela Pires , Marta Grosso

Agência Europeia do Medicamento e a comissária europeia para a Saúde e Segurança Alimentar renovaram ontem a aprovação da vacina, considerando que os benefícios ultrapassam os riscos.

A+ / A-

Veja também:


O primeiro-ministro britânico vai tomar, nesta sexta-feira, a vacina da AstraZeneca, desenvolvida pelo laboratório sueco e a britânica Universidade de Oxford.

“A vacina da Oxford é segura, a da Pfizer é segura, o que não é seguro é apanhar Covid. Por isso é que é tão importante sermos vacinados assim que chegar a nossa vez”, argumentou Boris Johnson.


Na quinta-feira, a Agência Europeia do Medicamento (EMA) deu luz verde à vacina da Astrazeneca e os países retomam, aos poucos, a sua administração.

Portugal retoma na segunda-feira, com a Direção-Geral de Saúde (DGS) a garantir que “preza muito a segurança” e que “a fármaco-vigilância serve para isso”.

“Feita uma avaliação entre os riscos e benefícios da vacinação, quando decidimos por uma vacinação a circular e a ser administrada é porque ela nos dá garantias de que é segura, eficaz e tem qualidade”, declarou a diretora-geral da Saúde na quinta-feira, em conferência de imprensa.

“Se for oferecida uma vacina a uma pessoa, seja qual for a marca, deve aceitá-la”, frisou ainda Graça Freitas, avisando que a rejeição significa “recusar proteger-se e recusar proteger-se contra uma doença grave”.

Na Madeira, a vacina da AstraZeneca será retomada nesta sexta-feira.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+