Tempo
|
A+ / A-

FC Porto imortaliza frase de Quintana no Dragão Arena

18 mar, 2021 - 20:30 • Redação

Frase do guarda-redes de andebol está agora inscrita numa parede do pavilhão do FC Porto.

A+ / A-

O FC Porto inscreveu numa das paredes do Dragão Arena uma das frases mais marcantes de Alfredo Quintana, guarda-redes de andebol que morreu após uma paragem cardiorrespiratória.

"As memórias do que vivi aqui vão ficar bem guardadas no meu coração. Foi o FC Porto que me permitiu ser o que sou hoje", pode ler-se agora no Dragão Arena acompanhado da cara do antigo guardião.

O guardião de andebol, que representava o FC Porto e a seleção nacional, morreu a 26 de fevereiro, aos 32 anos, depois de ter sofrido uma paragem cardiorrespiratória alguns dias antes. O jogador nascido em Cuba e internacional pela seleção de Portugal ficou em estado de coma e acabou por falecer.

Quintana integrava a equipa principal dos dragões desde 2010 e era uma das grandes figuras do clube na modalidade, tendo somado mais de 400 jogos com a camisola do FC Porto. Ao serviço da seleção, Quintana soma 72 internacionalizações.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+