Papa. “Também eu me ajoelho nas ruas de Myanmar. Parem com a violência”

17 mar, 2021 - 10:34 • Vatican News (imagens)

No final da catequese desta quarta-feira, o Papa lançou mais um apelo ao fim dos conflitos no Myanmar (antiga Birmânia) e solidarizou-se com os que saem para as ruas a pedir paz. “Uma vez mais, e com tanta tristeza, sinto a urgência de evocar a dramática situação em Myanmar, onde tantas pessoas, sobretudo, jovens estão a perder a vida para oferecer esperança ao seu país”, afirmou face à violência vivida no país após o golpe de Estado. Segundo a ONU, pelo menos, 149 pessoas já foram mortas pelas forças de segurança da junta militar.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.