Tempo
|
A+ / A-

Jogos Olímpicos

“Obrigado”. Secretário de Estado do Desporto agradece à Seleção de Andebol

14 mar, 2021 - 23:03 • Lusa

Vitória contra a França e apuramento histórico para Tóquio.

A+ / A-

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, agradece à seleção masculina de andebol de Portugal, que carimbou a passagem aos Jogos Olímpicos Tóquio 2020.

Como legenda de um vídeo dos últimos segundos da partida com a França, ganha por 29-28, na qual ficou garantida a vaga na capital japonesa, Rebelo reconheceu a "forma brilhante" como foi conseguido o apuramento.

"O que dizer deste momento com que a nossa Seleção de Andebol nos brinda, os heróis do mar, que acabam de se qualificar de forma brilhante para os Jogos Olímpicos? Com Quintana no coração, só posso dizer obrigado", escreveu, na rede social Twitter.

O governante referia-se ao guarda-redes Alfredo Quintana, do FC Porto e da seleção, que morreu em 26 de fevereiro, na sequência de uma paragem cardiorrespiratória.

Depois de vencer, nos últimos segundos, a França por 29-28, a armada lusa carimbou o passaporte para a capital japonesa, elevando para 54 o número de atletas apurados, uma vez que serão convocados 14 andebolistas para representar Portugal na prova.

O apuramento, conseguido no torneio de qualificação, garante ainda a presença numa modalidade coletiva em Tóquio2020, a única que ainda podia conseguir esta qualificação, lograda após vencer a Tunísia (34-27) no primeiro jogo e perder ante a Croácia (25-24) no sábado.

O andebol português vai estrear-se em Jogos Olímpicos.

Veja o golo que valeu o apuramento de Portugal

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+