"Quem vende hoje as armas aos terroristas?" pergunta Francisco depois da visita ao Iraque

10 mar, 2021 - 12:11 • Imagem: Vaticano

A guerra é sempre o monstro que, na medida em que os tempos mudam, se transforma e continua a devorar a humanidade. Mas a resposta à guerra não é outra guerra. A resposta às armas não são outras armas. E eu pergunto: quem vendeu as armas aos terroristas?”, questionou o Papa, na manhã desta quarta-feira, dois dias depois de regressar do Iraque.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.