Tempo
|

Portugal abandona risco extremo. Cerca de 90% dos municípios com nível mínimo de infeção por Covid-19

08 mar, 2021 - 17:01 • Joana Gonçalves

É a primeira primeira vez que nenhum concelho integra a lista de risco máximo, desde que a Direção-Geral da Saúde divulga os dados de incidência cumulativa de infeção por município. Portugal apresenta o índice de transmissão mais baixo da Europa.

A+ / A-

Nenhum concelho português apresenta risco extremo de infeção. É a primeira primeira vez que tal acontece, desde que a Direção-Geral da Saúde divulga os dados de incidência cumulativa de infeção por município.

Dos 308 concelhos portugueses, 274 integram agora a categoria de risco moderado, a mais baixa da escala. Ou seja, cerca de 90% dos municípios apresentam uma taxa de incidência cumulativa a 14 dias inferior a 240 casos por 100 mil habitantes.

Os únicos três municípios em risco extremo na semana passada - Resende, Arronches e Manteigas - apresentaram nos últimos dias um decréscimo de infeções de SARS-CoV-2.

Entre 17 de fevereiro e 3 de março, 15 municípios registaram uma taxa de incidência igual a zero: Alvito, Mora, Miranda do Douro, Mesão Frio, Alfândega da Fé, Fornos de Algodres, Corvo, Lajes das Flores, Nordeste, Povoação, Santa Cruz da Graciosa, Santa Cruz das Flores, Velas, Vila Franca do Campo, Vila Velha de Ródão.

Há, contudo, um aumento de casos de Covid-19 em 31 concelhos. O Funchal contabiliza o maior incremento, com mais 218 casos por 100 mil habitantes, do que na semana anterior.

Madeira com o maior índice de contágio

Depois de uma primeira vaga exemplar, que fez da Madeira a região com menos casos e óbitos por Covid-19 no país, o arquipélago atravessa agora um cenário pouco animador, com o índice médio de transmissibilidade (Rt) mais elevado de Portugal.

A Direção-Geral da Saúde divulga, desde dia 16 de novembro, o mapa de incidência cumulativa de infeção por município. O indicador corresponde ao número de novos casos nos últimos 14 dias por 100 mil habitantes.

Este é um dos três critérios adotados pelo Governo português na avaliação de risco de infeção de cada concelho. Foram definidos quatro níveis de risco: moderado, elevado, muito elevado e extremamente elevado.

Os níveis diferem em número de incidência. Municípios com incidência inferior a 240 casos por 100 mil habitantes integram a lista de risco moderado.

Na lista de risco elevado entram os concelhos com uma incidência entre 240 e 480 casos por 100 mil habitantes. Segue-se o risco muito elevado, entre 480 e 960.

No nível máximo de risco - extremamente elevado - estão os concelhos com mais de 960 casos por 100 mil habitantes.

Portugal regista esta segunda-feira mais 25 mortes e 365 novos casos de Covid-19, indica o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

É o valor mais baixo de novos casos desde 7 de setembro e de óbitos desde 28 de outubro.


Evolução da pandemia de Covid-19 em Portugal

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+