"A religião deve servir a causa da paz". Francisco recorda mártires do Iraque

05 mar, 2021 - 15:40 • Filipe d'Avillez Imagens: Vatican News

O sangue dos mártires cristãos do Iraque deve ser semente de perdão e coexistência, e não de violência e ódio, disse esta sexta-feira o Papa Francisco. O local escolhido pelo Papa para este encontro está carregado de significado. Em 2010 esta igreja foi palco de um terrível massacre, quando seis militantes jihadistas interromperam uma celebração religiosa e mataram 48 pessoas, incluindo dois padres, e ferindo perto de 80.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.