Tempo
|
A+ / A-

Benfica

Jorge Jesus garante Pizzi no onze na Taça. "É um jogador muito importante para mim"

03 mar, 2021 - 14:34 • Redação

O capitão foi suplente frente ao Rio Ave e marcou um golo. Jorge Jesus explica a importância de ter Pizzi no Benfica.

A+ / A-

Pizzi vai integrar o onze titular do Benfica frente ao Estoril, garantiu Jorge Jesus, esta quarta-feira, na conferência de imprensa de antevisão do jogo da segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal.

Questionado sobre a suplência de Pizzi no jogo com o Rio Ave, em que fez um golo após entrar, Jesus fez questão de enaltecer a relevância do capitão: "É um jogador muito importante para mim, como treinador."

"Com o Pizzi, mudo o sistema fácil porque é um jogador que joga em mais que uma posição. Normalmente utilizo-o em três posições e isso é muito importante para o treinador. Ele não jogou com o Rio Ave de início, amanhã [quinta-feira] vai jogar. A gestão dos jogadores tem a ver com as minhas decisões", acrescentou o treinador do Benfica.

Jorge Jesus lembrou que Pizzi esteve em 35 dos 38 jogos disputados pelo Benfica esta época, "não esquecendo que teve Covid-19":

"Fui eu que pedi ao presidente para o Pizzi regressar do Espanhol. Foi titular 'n' jogos e, nos meus últimos dois anos, quase sempre. O Pizzi conhece-me bem. Eu conheço os defeitos do Pizzi, ele conhece os meus defeitos. É capitão da equipa, sente-se muito responsável pelas coisas que não têm sido tão boas. O principal responsável é sempre o treinador. Se os jogadores jogam melhor ou pior tem a ver com o treinador."

Bilhete para o Jamor ainda não está assegurado


Jorge Jesus nega que o Benfica já tenha o passaporte para a final garantido, apesar do 3-1 da primeira mão no Estoril: "Isto não acabou."

"Este é um dos nossos grandes objetivos da época, chegar à final. Falta um jogo. É verdade que estamos em vantagem, mas temos de respeitar seja que adversário for. O Estoril é uma equipa bem organizada, com qualidade técnica quando está em ataque posicional, portanto é capaz de criar problemas, como criou na Amoreira. No futebol, há surpresas em todos os jogos. A equipa não sente garantida a passagem, falta um jogo. Queremos sair vencedores e garantir o passaporte para a final", frisou.

O treinador do Benfica confirmou, ainda assim, que vai mudar "cinco, quatro, três jogadores", face ao jogo com o Rio Ave, para o campeonato. Um deles não será Darwin, que continua de fora, devido a lesão.

Jorge Jesus não vê a Taça de Portugal como tábua de salvação de uma época que, apesar de ainda não ter terminado, não está a corer bem ao Benfica, com o quarto lugar no campeonato, a 13 pontos do Sporting, e as eliminações das competições europeias e da Taça da Liga:

"É importante chegar à final e vencer? É, seja pela época positiva ou seja pela época negativa. O Benfica chegando à final da Taça de Portugal é fundamental ganhar a final. Se a época for negativa é mais importante? Não, é a mesma coisa. É fundamental é ganhar a segunda prova mais importante da calendarização do futebol português."

O Benfica-Estoril está marcado para quinta-feira, às 20h15, na Luz. Relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+