Tempo
|
A+ / A-

Pandemia

Covid-19. DGS alarga testes periódicos a todas as escolas de Portugal Continental

26 fev, 2021 - 20:45 • André Rodrigues

Norma divulgada esta sexta-feira recomenda, ainda, a testagem regular em concelhos com incidência de 120 novos casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias. "Amostras de saliva podem ser consideradas nos testes moleculares" como alternativa à zaragatoa.

A+ / A-

Veja também:


A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta sexta-feira que vai alargar a testagem periódica ao novo coronavírus a todos os estabelecimentos de ensino do território continental.

Na atualização da norma sobre rastreios à Covid-19, a DGS recomenda a realização de testes laboratoriais regulares “nos estabelecimentos de ensino, ao pessoal docente e não docente” e em “locais com maior risco de transmissão em meio laboral”.

A norma estabelece, ainda, a possibilidade de os testes moleculares serem feitos a partir de amostras de saliva e não através de zaragatoa.

“As amostras de saliva podem ser consideradas nos testes moleculares como alternativa, às amostras do trato respiratório, particularmente em situações de rastreio comunitário”, refere a DGS.

Outra das atualizações da norma da testagem à Covid-19 é a taxa de incidência a partir da qual os rastreios periódicos passam a ser recomendados: “os rastreios devem ser periódicos nos concelhos com incidência cumulativa a 14 dias superior a 120/100.000 habitantes”.

Caso não sejam identificados casos de infeção, “mantém-se a periodicidade do rastreio, nos termos da presente norma”, conclui o documento.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+