Tempo
|
A+ / A-

Portugal defronta a Escócia ainda a sonhar com apuramento direto para o Europeu

23 fev, 2021 - 09:16 • Redação com Lusa

A seleção feminina fecha a fase de qualificação para o Campeonato da Europa que se vai realizar em 2022, esta terça-feira.

A+ / A-

Portugal defronta a Escócia, esta terça-feira, na despedida do Grupo E de apuramento e quase com a certeza de que o "play-off", em abril, será o seu destino na qualificação para o Europeu feminino de futebol.

A equipa das quinas tem garantido o segundo lugar, atrás da Finlândia, vencedora antecipada do grupo, enquanto a Escócia, terceira colocada, a quatro pontos das lusas, já não tem qualquer hipótese de entrar na discussão do apuramento para a fase final, a realizar em Inglaterra, em 2022.

A seleção portuguesa, orientada por Francisco Neto, chega a este último jogo depois de uma derrota, na sexta-feira, diante da Finlândia, perante a qual perdeu por 1-0, no último lance de jogo, com um golo de Linda Sällström, aos 90+3 minutos.

Nas contas dos segundos classificados de cada grupo — apuram-se diretamente os três melhores -, a Islândia, com 19 pontos e 25-5 em golos, já está apurada, sendo, para já, secundada por Áustria (19 e 22-3) e Suíça (19 e 20-6). Na corrida, estão, com um jogo por disputar, a Itália (16 e 18-5) e Portugal (16 e 8-2).

O "play-off", em abril, para os seis piores segundos, deverá ser, assim, o próximo desafio, à semelhança do que aconteceu em 2016, quando Portugal chegou a essa eliminatória decisiva para garantir, frente à Roménia, a presença no primeiro Europeu da sua história, nos Países Baixos, em 2017.

O jogo desta terça-feira entre Escócia e Portugal tem início marcado para as 15h10, em Larnaca, no Chipre, face às restrições de viagens impostas pelo Reino Unido, devido à pandemia de Covid-19.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+