Tempo
|
A+ / A-

Papa ao Sampdoria. “O desporto pode levar à santidade”

19 fev, 2021 - 12:47 • Aura Miguel

Na audiência aos dirigentes e jogadores do clube italiano, Francisco realçou a importância do trabalho em equipa.

A+ / A-

“O desporto, e também o futebol, são uma estrada de vida, de maturidade e de santidade”, disse esta manhã o Papa, numa audiência aos dirigentes e jogadores do clube italiano Sampdoria.

"Pode-se sempre avançar, mas nunca sozinhos, sempre em equipa, sempre em equipa, isso é que é importante”, insistiu, num breve discurso improvisado.

Francisco que, desde criança, aprecia futebol e é sócio do clube argentino San Lorenzo Almagro, deixou dois conselhos aos jogadores do Sampdoria.

O primeiro é que “tudo se faz em equipa. As mais belas vitórias são as da equipa”, afirmou o Papa, acrescentando que “costumamos dizer que o jogador de futebol que joga só para si, está a comer a bola, porque só guarda a bola para si e não olha para os outros. Não. Sempre a equipa.”

O segundo conselho é valorizar a prática do desporto amador, “que nasce da vocação para o praticar e levar por diante”, disse.

"Os demais interesses são secundários, o importante é que permaneça sempre o amadorismo”, concluiu Francisco.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+