Tempo
|
A+ / A-

CDS. Está aberto o conselho nacional

06 fev, 2021 - 13:01 • Eunice Lourenço

Desta reunião sairá a decisão de avançar para uma moção de confiança à liderança de Francisco Rodrigues dos Santos. Irá o voto ser secreto?

A+ / A-

Já começou o conselho nacional do CDS, cujos trabalhos se iniciaram com mais de uma hora de atraso (estava previsto para as 11h00). O objetivo desta reunião é decidir a moção de confiança à direção de Francisco Rodrigues dos Santos.

Para já, decorrem discussões regimentais, com os conselheiros a debater como será feita a votação.

Na sexta-feira, o conselho de jurisdição do partido deu razão aos apoiantes de Adolfo Mesquita Nunes e decidiu que o voto deve ser secreto, mas o presidente do conselho nacional, Filipe Anacoreta Correia, entende que o conselho nacional é que é soberano para tomar a decisão sobre a forma como deve ser votada a moção.

A reunião começou com Mesquita Nunes e os seus apoiantes a quererem saber como será votada a moção, mas Anacoreta Correia quer anunciar essa decisão mais tarde.

O presidente do conselho nacional quer que primeiro seja aprovada a ordem de trabalhos da reunião, que tem como ponto único a discussão e votação da moção de confiança a Francisco Rodrigues dos Santos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+