Tempo
|
A+ / A-

Covid-19

Hospital São João recebe doentes do Garcia de Orta e Amadora Sintra

06 fev, 2021 - 20:42 • Lusa

O Hospital de São João, no Porto, vai receber cinco doentes covid-19 do Hospital Garcia de Orta (HGO), concelho de Almada, e um do Amadora Sintra, indicou fonte hospitalar.

A+ / A-

O Hospital de São João, no Porto, vai receber este sábado cinco doentes covid-19 do Hospital Garcia de Orta (HGO), concelho de Almada, e um do Amadora/Sintra, indicou fonte hospitalar. .

O transporte será assegurado pelo INEM e de acordo com fonte do Centro Hospitalar e Universitário de São João (CHUSJ), os cinco doentes provenientes do Garcia de Orta são graves, mas irão têm indicação de internamento em enfermaria.

Também hoje é esperado neste hospital do Porto um doente oriundo do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca, zona de Amadora/Sintra.

Este acolhimento acontece depois de sexta-feira terem sido transportados de avião desde o aeroporto militar Figo Maduro, em Lisboa, até ao Sá Carneiro, no Porto, dois doentes para cuidados intensivos provenientes da zona de Lisboa e Vale do Tejo.

Na quarta-feira à noite, enquanto acompanhava a operação de acolhimento de 15 doente covid-19 que chegaram ao Hospital de São João em ambulâncias oriundos do Amadora/Sintra, o presidente do conselho de administração do CHUSJ garantiu disponibilidade total" para continuar a receber doentes de outros hospitais.

Fernando Araújo defendeu que "a articulação entre unidades é fundamental num momento de grande complexidade", frisando que "não existem questões regionais".

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.299.637 mortos resultantes de mais de 105 milhões de casos de infeção em todo o mundo, enquanto em Portugal morreram 13.954 pessoas dos 761.906 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+