Francisco Assis: Pode haver fatores que conduzam a eleições antecipadas

04 fev, 2021 - 06:31 • Eunice Lourenço (Renascença) , Sofia Freitas Moreira (Edição) Ana Sá Lopes (Público)

Em entrevista ao programa Hora da Verdade, da Renascença e jornal "Público", o presidente do Conselho Económico e Social, que quer promover um debate alargado sobre o sistema de saúde e admite avançar com um estudo "rigoroso" sobre a comunidade cigana, admite que podem haver fatores que conduzam a eleições antecipadas. Francisco Assis não se exclui da corrida para a liderança do PS, quando António Costa abandonar o cargo de secretário-geral.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.