Alexei Navalny

Polícia detém mais de 4.000 manifestantes na Rússia

31 jan, 2021 - 17:40 • Sofia Freitas Moreira (edição) Reuters (imagens)

A polícia russa fez mais de quatro mil detenções, este domingo. O centro de várias cidades foi bloqueado, incluindo a capital, durante novos protestos em todo o país exigindo a libertação do líder da oposição Alexei Navalny. A mulher do líder, Yulia Navalnaya, também foi detida pela polícia quando participava nos protestos. Os protestos surgiram no passado fim de semana, num primeiro dia de protestos que reuniu dezenas de milhares de manifestantes.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.