Tempo
|
A+ / A-

Taça de Portugal

Que Benfica vai hoje a jogo na Taça de Portugal?

28 jan, 2021 - 09:13 • Redação

Jorge Jesus tem uma infeção respiratória e poderá não orientar a equipa. O adjunto João de Deus deverá assumir o comando técnico de um Benfica que procura chegar à meia-final da Taça de Portugal, ainda desfalcado devido ao surto de Covid-19.

A+ / A-

O Benfica defronta, esta quinta-feira, a Belenenses SAD para os quartos de final da Taça de Portugal com muitas incógnitas, a começar pelo banco de suplentes, onde Jorge Jesus poderá não estar sentado devido a doença.

O treinador de 66 anos está com uma infeção respiratória e poderá não orientar a equipa no jogo decisivo para a qualificação para as meias-finais da Taça, no Estádio da Luz.

O comunicado das águias esclarece que Jesus está "clinicamente estável", depois de o problema lhe ter sido detetado após exames médicos realizados no Hospital da Luz, mas admite a possibilidade da ausência no jogo desta quinta-feira.

"Jorge Jesus aguarda ainda o resultado de exames complementares de diagnóstico e a sua presença no comando da equipa técnica para o jogo dos quartos de final da Taça de Portugal está dependente do evoluir do seu estado de saúde", lê-se.

Descartada foi a possibilidade de infeção por Covid-19, face ao surto que afeta profundamente o clube. Jesus testou negativo ao novo coronavírus.

João de Deus orienta a equipa desfalcada

Os sintomas da doença levaram a que o Benfica cancelasse a conferência de imprensa de antevisão ao jogo. Caso Jorge Jesus não veja o seu estado de saúde melhorado, João de Deus deverá orientar a equipa, depois de já ter assumido essa função na sessão de treino da véspera do jogo.

João de Deus é o adjunto principal de Jorge Jesus desde 2018/19, quando o técnico deixou o Sporting para orientar o Al Hilal, da Arábia Saudita, continuando as funções no Flamengo e, esta época, no Benfica.

Apesar de ser adjunto, o técnico conta com vasta experiência no banco de suplentes, especialmente enquanto treinador principal. João de Deus soma 41 jogos orientados na I Liga, no Gil Vicente na época 2013/14 e no arranque de 2014/15, e um breve período no Nacional, na temporada 2016/17.

João de Deus foi ainda selecionador de Cabo Verde e treinou o Interclube, em Angola, o Farense, Atlético CP, Oliveirense, Sporting B, NorthEast United, na Índia, e o Ermis Aradippiou, no Chipre, última vez que desempenhou o cargo, em 2017/18, antes de juntar forças com Jorge Jesus.

Dentro de campo, o Benfica continua profundamente afetado pelo surto de Covid-19 no plantel, o que afetará as escolhas do treinador que orientar a equipa, mas há já um recuperado.

Waldschmidt já voltou ao treinos no Seixal e pode ser convocado para o jogo de hoje.

Grimaldo, Gilberto, Vertonghen e Diogo Gonçalves fazem exames médicos de manhã e poderão receber alta para depois integrar os treinos, mas depois de 10 dias afastados do plantel não deverão entrar nos planos para a partida com a Belenenses SAD.

Jesus foi forçado a adaptar Cervi a lateral-esquerdo e utilizar o jovem João Ferreira como defesa direito, sem outras opções.

Helton Leite, Vlachodimos, Everton, Nuno Tavares e Otamendi foram os últimos casos anunciados pelo Benfica e não poderão dar o seu contributo contra a Belenenses SAD, pelo que Mile Svilar continuará a assumir as redes.

Belenenses SAD para quebrar mau momento

Apesar de todas as condicionantes, o Benfica procura regressar às vitórias, num jogo a eliminar e que pode aproximar o clube de um dos objetivos da temporada: a conquista da Taça de Portugal.

O Benfica recebe a Belenenses SAD depois de três jogos seguidos sem vencer, numa série que começou a 15 de janeiro, no Estádio do Dragão, com um empate a uma bola.

O surto de Covid-19 afetou a gestão do plantel na semana seguinte, com o Benfica a perder na meia-final da Taça da Liga, em Leiria, frente ao Braga, e a não ir além de um empate contra o Nacional, a contar para a I Liga, no Estádio da Luz, na última segunda-feira.

Contas feitas, o Benfica atrasou-se na luta pelo título e é terceira classificado, soma 33 pontos e está a seis do líder do campeonato, o Sporting, tendo ficado ainda para trás na disputa com o FC Porto, que soma agora mais dois pontos do que as águias. O Benfica tem ainda mais um jogo importante na mira, na próxima segunda-feira, no dérbi contra o Sporting, em Alvalade.

O Benfica-Belenenses SAD, dos quartos de final da Taça de Portugal, realiza-se esta quinta-feira, no Estádio da Luz, em Lisboa, às 21h15. Jogo com relato na Renascença e acompanhamento, ao minuto, em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+