Tempo
|
A+ / A-

Jesualdo Ferreira diz que faltou sorte ao Boavista frente a Sporting "à campeão"

26 jan, 2021 - 23:24 • Redação

O treinador elogia a reação do Boavista na segunda parte e mostra confiança no regresso da equipa às vitórias.

A+ / A-

Jesualdo Ferreira considera que faltou um pouco de sorte ao Boavista, na derrota, por 0-2, frente a um Sporting que jogou "à campeão".

"É preciso ter um bocado de sorte, nos lances que tivemos na segunda parte podíamos ter feito um golo e aí o jogo teria sido completamente diferente. Isso não aconteceu. O que fica é o registo da segunda parte contra um Sporting muito forte com jogadores muito confiantes. O Sporting abordou o jogo à campeão", afirmou o técnico axadrezado, em declarações à Sport TV.

O Boavista entrou em campo com três centrais, fruto da expulsão de outros dois frente ao Tondela, o que obrigou a "adaptar três jogadores novos e a própria estratégia da equipa":

"Na primeira jogada de perigo, o Sporting fez um golo por 10 centímetros. Marcou-nos. Na segunda parte, o Boavista, com uma defesa com um miúdo que nunca tinha jogado e o Rami, que esteve tanto tempo estado parado, deu uma resposta melhor e obrigou o Sporting a mexer na zona do meio-campo. Fizemos o que tínhamos de fazer, mas acabámos por sofrer outro golo."

A sorte de que Jesualdo fala não engloba o segundo golo do Sporting. "O golo do Porro é de talento, de qualidade, mas era escusado fazer isso na quela altura", brincou o técnico.

Agora, o treinador do Boavista espera que a sorte "não seja tão madrasta como tem sido" e que respeite os "sinais" da equipa de que "vai voltar às vitórias, que é o que quer e o que merece". "Esta equipa trabalha bastante", sustentou Jesualdo Ferreira.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+