Tempo
|
A+ / A-

Candidatura de Marisa Matias admite derrota. "Não atingimos os objetivos traçados"

24 jan, 2021 - 20:20 • Joana Gonçalves

As primeiras projeções apontam para uma margem de 3,5% a 5,5% para a candidata bloquista. Em 2016, Marisa Matias somou 10,12% dos votos nas eleições presidenciais.

A+ / A-

Veja também:


O Bloco de Esquerda já reagiu às primeiras projeções dos resultados eleitorais desta noite. "A primeira conclusão que gostaria de partilhar convosco é que reconhecemos que os resultados, se as pojeções dse confirmarem, demonstrarão que não atingimos os objetivos que tinhamos traçado para estas eleições", reconheceu o líder parlamentar do BE.

As primeiras projeções apontam para uma margem de 3,5% a 5,5% para Marisa Matias. Em 2016, a candidata apoiada pelo Bloco de Esquerda somou 10,12% dos votos nas eleições presidenciais.

Numa primeira reação do partido à queda inequívoca de Marisa Matias, Pedro Filipe Soares acrescentou, ainda, que "o segundo ponto que parece ser muito relevante retirar destas projeções é o reconhecimento de que normalizar a extrema-direita é um mau resultado para o país".

"Avisamos várias vezes e muitas das vezes fomos ignorados e até contestados. A nomalização da extrema-direita resulta numa reconfiguração da direita que hoje está aos olhos de todas e de todos", defendeu o líder parlamentar do BE.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+