Tempo
|
A+ / A-

Treinador do Nacional relativiza "desfalque do Benfica" provocado pela Covid-19

24 jan, 2021 - 13:13 • Redação

Encarnados sem 10 jogadores devido a infeção pelo novo coronavírus. Luís Freire espera por um clique da sua equipa no Estádio da Luz para inverter série de quatro derrotas seguidas.

A+ / A-

O treinador do Nacional da Madeira relativiza o peso das ausências no Benfica, devido à Covid-19. Os encarnados estão sem 10 jogadores, infetados pelo novo coronavírus, mas Luís Freire salienta que Jorge Jesus tem outras e muitas opções válidas.

"O desfalque do Benfica é relativo, no sentido que tem um plantel riquíssimo. É um clube recheado de valores", refere o treinador, em conferência de imprensa.

Os encarnados informaram, este domingo, que Vlachodimos e Everton Cebolinha também testaram positivo à Covid-19 e juntam-se aos outros oito companheiros no lote de indisponíveis, devido ao novo coronavírus: Waldschmidt, Otamendi, Vertonghen, Grimaldo, Nuno Tavares, Gilberto, Diogo Gonçalves e Helton Leite.

Nacional com maior desgaste

Luís Freire contrapõe com o facto de o Nacional ir a jogo com menos tempo de descanso. A equipa jogou na quinta-feira com o Vitória de Guimarães, em jogo em atraso da jornada 12 do campeonato, enquanto o Benfica esteve em campo pela última vez na quarta-feira, em Leiria, frente ao Braga, na meia-final da Taça da Liga.

"[O Benfica] Tem mais dias de descanso do que nós. Também temos o nosso desgaste", sublinha.

O Nacional da Madeira vai na segunda-feira à Luz com o objetivo de reverter o mau momento que atravessa. A equipa está numa série de quatro derrotas consecutivas, mas o treinador ressalva que as exibições têm sido melhores do que aquilo que os resultados demonstram.

"Nós estamos a atravessar um momento menos bons, mas em termos de resultados. Íamos eliminando o Porto, tivemos muitas oportunidades com o Moreirense e fizemos uma primeira parte de grande nível com o Vitória de Guimarães", avalia.

Manter o nível de desempenho, mas obter um resultado positivo é naturalmente o objetivo diante do Benfica. Jogo em que o Nacional "vai procurar a oportunidade de vencer". "Quando vencermos a equipa vai ficar mais solta", remata.

O Benfica-Nacional, a contar para a jornada 15 da I Liga, está marcado para esta segunda-feira, às 17h00. O jogo tem relato na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+