Tempo
|
A+ / A-

FC Porto

Cândido Costa: "Entendo a frustração do Sérgio e aplaudo a ousadia do Rúben Amorim"

20 jan, 2021 - 12:45 • João Fonseca

Antigo jogador dos dragões considera que os azuis e brancos foram mais fortes, mas sublinha que leões foram resiliente e nunca se renderam. Últimos resultados não irão baixar a moral portista.

A+ / A-

Cândido Costa, antigo jogador do FC Porto, compreende "o sentimento de frustração" de Sérgio Conceição, ao mesmo tempo que "aplaudo a ousadia" de Rúben Amorim, depois da meia-final da Taça da Liga.

Conceição "sentiu a pancada no final" de um jogo que para o ex-avançado teve um "FC Porto mais forte, com mais oportunidades", mas também um "Sporting que segue em frente com justiça".

O que fica claro, para o antigo atleta dos azuis e brancos foi o "algum desacerto defensivo" na reta final e logo por "um jogador experiente como Pepe", que deu espaço para que Jovane Cabral pudesse bisar e dar a passagem à final, aos leões.

Entre a estranheza de um clube como o FC Porto, "com tantos troféus" mas ainda sem uma Taça da Liga, a consciência que embora Sérgio Conceição não "tenha matado este borrego", como já faz noutras situações, continua por cumprir esse desiderato.

A finalizar fica o aviso depois do empate com o Benfica e a derrota com o Sporting.

"Convém que os rivais do FC Porto não andem assim tão distraídos. Há sempre um FC Porto que emerge da aparente fragilidade. Até acho, que é superconveniente parecer que está meio adormecido, que está frágil. Por norma Sérgio Conceição tem tido a mestria de catapultar a equipa dessa aparente exposição pública de fragilidade, para um FC Porto com muita energia, muita vontade de contrariar essa sensação. No fundo, o que está alicerçado no FC Porto, que poucos podem vencer muitos", acentua Cândido Costa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • EU
    20 jan, 2021 PORTUGAL 20:15
    " MESTRIA de CATAPULTAR a EQUIPA ". Se tem essa mestria, também a DEVIA TER para saber o lugar que OCUPA. Comparar Sérgio Conceição, como Treinador, a José Maria Pedroto é uma grande INJUSTIÇA para quem já não está entre nós. Não me lembro de JMP ter sido expulso. Se Sérgio Conceição QUER ser de facto um bom Treinador, tem de saber estar num BANCO de SUPLENTES. O VENTO, se soprar forte e por muito tempo, forma TEMPESTADE. Já disse aqui RR, Ele tem de deixar de CUMPRIMENTAR seja quem for. Isto é. Tem de VER, OUVIR e CALAR. O BALNEÁRIO é o lugar certo para DESABAFAR/BERRAR, mas por iniciativa própria e não por OUTREM.

Destaques V+