Tempo
|
A+ / A-

Brasil

Covid-19. Hospital português de Manaus recebe 50 mil euros do Governo e da Misericórdia

20 jan, 2021 - 00:19 • Lusa

“É hoje um hospital de referência no estado do Amazonas, que presta apoio não apenas à comunidade de aproximadamente cinco mil portugueses e lusodescendentes ali residentes, mas a toda população da região”, é referido num comunicado conjunto.

A+ / A-

Veja também:


O Governo e a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) entregaram 50 mil euros ao Hospital Beneficente Português do Amazonas, no Brasil, que atravessa “um dos momentos mais desafiantes da pandemia de Covid-19”.

Em comunicado conjunto, enviado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, o Executivo e a SCML explicaram que aquele hospital, da cidade de Manaus, “tem servido, ininterruptamente, o Brasil, como sucede atualmente no difícil contexto da pandemia de Covid-19”.

“É hoje um hospital de referência no estado do Amazonas, que presta apoio não apenas à comunidade de aproximadamente cinco mil portugueses e lusodescendentes ali residentes, mas a toda população da região”, destaca a nota.

Além daquele apoio de 50 mil euros [cerca de 319.800 reais], articulado com a Embaixada de Portugal em Brasília e com o Consulado Honorário em Manaus, que presta um serviço constante de apoio a todos os cidadãos nacionais no Amazonas, acresce aquele que tem resultado da solidariedade e mobilização da comunidade portuguesa e lusodescendente no Brasil, pode ler-se.

O Hospital Beneficente Português do Amazonas é uma instituição filantrópica, fundada em 1873 por portugueses na cidade de Manaus, que faz atendimento complementar ao Sistema Único de Saúde do Brasil.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+