Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Testes rápidos à Covid-19 arrancam nas escolas secundárias de concelhos de maior risco

19 jan, 2021 - 14:45 • Cristina Nascimento

Campanha de testagem comça na quarta-feira. Informação já seguiu para os estabelecimentos de ensino.

A+ / A-

Veja também:


As escolas secundárias nos concelhos de risco extremamente elevado vão ser alvo de uma campanha, recorrendo a testes rápidos. A campanha arranca esta quarta-feira, 20 de janeiro, e vai abranger estabelecimentos de ensino públicos e privados.

Em comunicado, o Ministério da Educação acrescenta que "em caso de identificação de surtos ativos será intensificada a testagem, envolvendo e priorizando toda a comunidade escolar dos estabelecimentos de ensino afetados, independentemente do grau de ensino a que pertença".

Segundo o Ministério, os testes serão feitos a alunos, professores e pessoal não docente.

Os encarregados de educação terão de assinar um consentimento informado de forma a que o aluno possa realizar o teste.

A nota do gabinete de Tiago Brandão Rodrigues refere que a informação sobre esta campanha de testagem já seguiu para as escolas.

O primeiro-ministro aludiu ao arranque desta campanha de testagem no debate que decorre no Parlamento, considerando que esta medida vai "reforçar a segurança nas escolas".

O secretário de Estado adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, explicou na Renascença quais são as escolas prioritárias e refere que o ensino presencial depende da evolução da epidemia.

“Inicialmente e prioritariamente, vamos avançar com o rastreio nas escolas [em concelhos] com mais de 960 [casos por 100 mil habitantes] de incidência cumulativa nos últimos 14 dias, no ensino secundário, em zonas com surtos ativos nas escolas. Não só alunos, mas também no pessoal docente e não docente”, reforça o governante.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+