Tempo
|
A+ / A-

Covid-19

Surto no hospital de Torres Vedras com um total de 157 casos confirmados

16 jan, 2021 - 12:04 • Lusa

Nos últimos dois dias, há 15 novas infeções.

A+ / A-

Veja também:


O surto de covid-19 no hospital de Torres Vedras registou, nos últimos dois dias, 15 novas infeções, aumentando para 157 o total de casos confirmados, segundo o último boletim epidemiológico deste município.

O surto contabiliza um total de 157 casos confirmados, dos quais 134 estão ativos, 12 recuperaram e 11 morreram, de acordo com o boletim diário.

Baseando-se nos dados reportados pelo delegado de saúde e divulgados no boletim epidemiológico do concelho, fonte oficial do município esclareceu que o total de casos de infeção engloba utentes que foram contagiados quando estiveram internados na unidade por outras doenças, mas que estão a recuperar em casa.

Os primeiros casos surgiram na semana do Natal, acrescentou.

O Centro Hospitalar do Oeste integra os hospitais de Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche, tendo uma área de influência constituída pelas populações dos concelhos de Caldas da Rainha, Óbidos, Peniche, Bombarral, Torres Vedras, Cadaval e Lourinhã, e de parte dos concelhos de Alcobaça e de Mafra. Estes concelhos dividem-se entre os distritos de Lisboa e Leiria.

A pandemia de covid-19 provocou mais de dois milhões de mortos resultantes de mais de 93 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 8.543 pessoas dos 528.469 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+