Tempo
|
A+ / A-

"Inscrição massiva". Último dia para requerer voto antecipado nas presidenciais

14 jan, 2021 - 15:56 • Redação

A inscrição de voto antecipado em mobilidade termina esta quinta-feira. Há mais de 204 mil eleitores registados. As pessoas em confinamento podem inscrever-se a partir de hoje.

A+ / A-

Mais de 204 mil pessoas já se inscreveram para votar antecipadamente nas eleições presidenciais deste mês, avançou esta quinta-feira o secretário de Estado adjunto e da Administração Interna, Antero Luís.

“Há uma inscrição massiva das pessoas no voto antecipado em mobilidade que vão exercer o direito de voto no dia 17”, disse o governante em conferência de imprensa no dia em que acaba o processo de registo.

“Nem sequer tínhamos previsto que se inscrevessem 200 mil pessoas e a verdade é que já ultrapassamos as 204 mil, quatro vezes mais do que em 2019”, sublinha.

Devido à afluência, a administração eleitoral abriu mais uma centena de mesas de voto, num total de 600 espalhadas por todo o país.

Além do aumento do número de mesas, há um segundo local em 10 concelhos e quatro localizações foram alteradas, explicou Antero Luís.

Os eleitores inscritos no voto antecipado, cujo local da assembleia de voto foi alterado, vão ser notificados no dia 16 pela administração eleitoral, por SMS e email, a indicar um novo local de voto.

Quem não votar antecipadamente no domingo, dia 17, por qualquer motivo, pode sempre votar no dia das eleições, a 24 de janeiro.

O pedido pode ser feito por via eletrónica junto do Ministério da Administração Interna no site www.votoantecipado.mai.gov.pt ou através de correio normal.

Idosos em lares equiparados a pessoas em confinamento

Os idosos a residir em lares vão ser equiparados a pessoas confinadas (devido à Covid-19) para efeito de voto antecipado, adianta o secretário de Estado. Ou seja, podem votar no sítio onde estão a viver.

A inscrição de voto antecipado das pessoas em confinamento começou esta quinta-feira e decorre até dia 17. A votação acontece nos dias 19 e 20, esclareceu o secretário de Estado.

De acordo com os números do Ministério da Administração Interna, até esta quinta-feira havia 534 inscritos, em 109 concelhos.

Antero Luís explica que só pode votar antecipadamente quem estiver confinado até dia 24, dia das eleições presidenciais.

Só podem votar se estiverem confinados no local de recenseamento ou no concelho limítrofe.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.