Tempo
|
A+ / A-

Abel Ferreira faz história. Palmeiras na final da Libertadores

13 jan, 2021 - 09:00 • Redação

A equipa brasileira perdeu com o River Plate (0-2), na 2.ª mão das meias-finais, mas beneficiou da vantagem de três golos que trazia do primeiro jogo. Veja os melhores momentos da partida.

A+ / A-

O Palmeiras, treinado por Abel Ferreira, está na final da Taça Libertadores, a Liga dos Campeões da América do Sul. O treinador português não se livrou de um grande susto, num segundo jogo das meias-finais emocionante.

O River Plate, que tinha perdido em casa por 3-0, na 1.ª mão, entrou com tudo no segundo jogo, em São Paulo, e chegou ao intervalo a vencer por 2-0, com golo de Rojas e Borré.

Os argentinos mantiveram a tendência na segunda parte, diante de uma equipa do Palmeiras tensa e sem a fluidez habitual, e chegaram ao terceiro golo, de novo por Borré, mas após intervenção do VAR, o lance foi invalidado.

Foi um suspiro de alívio para Abel e para os seus jogadores. O River ficou a jogar com menos, após a expulsão de Rojas aos 73 minutos, mas nem assim o Palmeiras conseguiu libertar-se do nervosismo que apresentou durante a partida.

O guarda-redes do Palmeiras, Weverton, foi o homem do jogo ao fazer defesas fundamentais para manter a equipa na rota da final.

Abel é o segundo treinador português a marcar presença na decisão da Libertadores, depois de Jorge Jesus ter vencido o troféu, na época passada, pelo Flamengo, que na final derrotou o River Plate.

Desde 2000 que o Palmeiras não chegava à final da Libertadores. É a quinta final dos brasileiros, que têm um título conquistado.

Santos e Boca Juniors disputam a outra vaga na final. No jogo da 1.ª mão, na Argentina, registou-se um 0-0. O jogo da 2.ª mão é esta noite, às 22h15.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ivo Pestana
    13 jan, 2021 Funchal 17:24
    O Benfica estava a dormir. E o Marco Silva , Leonardo Jardim, Ivo Vieira...também são bons e mais baratos que o JJ. O Rei da tática está cansado.

Destaques V+