Tempo
|
A+ / A-

Presidenciais 2021

Marisa Matias testa negativo à Covid-19 e retoma campanha na quarta-feira

12 jan, 2021 - 17:22 • Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, teve hoje um segundo teste negativo de diagnóstico do novo coronavírus, depois de na segunda-feira ter testado positivo, e aguarda orientações das autoridades de saúde.

A+ / A-

A candidata presidencial apoiada pelo BE, Marisa Matias, testou negativo ao novo coronavírus e retomará a campanha presencial na quarta-feira, depois de a linha SNS24 não a ter considerado um contacto de risco com o Presidente da República.

"Na sequência da notícia de um teste positivo a Marcelo Rebelo de Sousa, além de lhe desejar as melhoras, contactei a linha SNS24, como qualquer pessoa faria, e tive indicações de poder continuar com a minha vida normal, obviamente cumprindo todas as normas sanitárias como tenho cumprido até agora", refere Marisa Matias, num vídeo enviado à comunicação social esta terça-feira.

Apesar disso, uma vez que já tinha realizado um teste na segunda-feira devido às viagens previstas à Madeira e aos Açores, a recandidata presidencial optou "por cancelar as atividades presenciais de hoje", preferindo "aguardar o resultado desse teste, que se veio confirmar negativo".

Assim, a agenda de campanha de Marisa Matias é retomada na quarta-feira com a viagem às ilhas, mantendo-se também a disponibilidade para participar no debate agendado para esta noite na RTP com todos os candidatos.

Esta manhã, a eurodeputada e dirigente bloquista assistiu, a partir de casa, à reunião do Infarmed, aproveitando este momento de comunicação virtual para reagir a este encontro entre especialistas e políticos.

“É com muita preocupação que vejo a evolução dos números e a forma como está a ser difícil gerirmos esta pandemia e por isso penso que não temos alternativa senão continuar a seguir as indicações das autoridades de saúde”, referiu.

Na perspetiva de Marisa Matias, “há um objetivo fundamental aqui que é o de proteger o SNS e isso pode e deve significar mobilizar todos os meios que estão à disposição”, mas também “garantir os rendimentos das famílias, garantir que há meios de apoio às empresas para que elas possam aguentar”.

“Não é apenas dando indicações de um novo confinamento, as pessoas têm de ter condições para poder responder a esse confinamento. Estou certa de que, juntos e juntas, vamos conseguir dar mais uma vez a volta a esta situação”, concluiu.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, teve hoje um segundo teste negativo de diagnóstico do novo coronavírus, depois de na segunda-feira ter testado positivo, e aguarda orientações das autoridades de saúde.

As eleições presidenciais, que se realizam em plena epidemia de Covid-19 em Portugal, estão marcadas para 24 de janeiro e esta é a 10.ª vez que os portugueses são chamados a escolher o Presidente da República em democracia, desde 1976.

A pandemia de Covid-19 provocou pelo menos 1.945.437 mortos resultantes de mais de 90,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 8.080 pessoas dos 496.552 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+