Tempo
|
A+ / A-

Presidente da República

Presidenciais. Marcelo admite que os idosos votem nos lares a 24 de janeiro

08 jan, 2021 - 19:48 • Redação

Presidente da República diz que a medida está a ser estudada e o próximo decreto poderá alargar o conceito de isolamento profilático para permitir o acesso ao voto em segurança para os idosos institucionalizados.

A+ / A-

O Presidente da República admite um alargamento do conceito de isolamento profilático para permitir que os idosos nos lares portugueses possam votar em segurança nas eleições Presidenciais de 24 de janeiro.

Em entrevista ao Diário de Notícias (DN) e à rádio TSF, Marcelo Rebelo de Sousa explica que a medida pode ser aplicada através de uma adaptação feita pelas autoridades de saúde ou através da sua inclusão no decreto de renovação do estado de emergência.

Marcelo explica que está “a envidar esforços para ver se é possível avançar para um alargamento do conceito de isolamento profilático para cobrir aquilo que no fundo é um isolamento profilático específico, embora prolongado, daqueles que estão dentro dos lares".

Uma possibilidade "é essa interpretação ser feita pelas autoridades sanitárias", que podem alargar "o regime dos isolados profilaticamente" de modo a que este seja aplicado aos idosos.

Se tal não for suficiente, há que “ponderar um alargamento interpretativo por via legal".

A derradeira hipótese, "se se entender adequado", é a “inserção específica desse alargamento” no próximo decreto presidencial de renovação do estado de emergência.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Cidadao
    09 jan, 2021 Lisboa 13:27
    E para quando o Voto Eletrónico a partir de casa? Se se pensa nisso há vários anos, e hoje por hoje, há homebanking e n atividades lançadas pela Internet porque não o voto eletrónico a partir de casa?
  • Bruno Fernandes
    09 jan, 2021 Albufeira 08:32
    A maioria dos idosos que estão nos lares são dementes. As crianças podem votar? - Não porque são imaturos. Os idosos que queiram votar devem ter um atestado de sanidade mental. Eu bem me lembro das votações O partido era único, e os mortos também votavam... Parecem urubus, os senhores que querem os idosos votem, mesmo estando isolados. Fantuchada!
  • Anónimo
    08 jan, 2021 Lisboa 22:07
    Se tiverem faculdades mentais que lhes permitam votar, não me oponho. Mas se não for esse o caso acho muito mal. Ainda por cima num países que não permite o voto a jovens de 16 e 17 anos que serão muito mais afectados por quaisquer eleições do que pessoas idosas.

Destaques V+