Tempo
|
A+ / A-

Invasão do Capitólio

Grandes empresas norte-americanas pedem a Trump que ponha fim aos confrontos

06 jan, 2021 - 23:04 • Lusa

A organização 'Business Roundtable' defende que "o caos na capital da nação é a consequência de esforços ilegais para mudar os resultados legítimos de uma eleição democrática" e apela às autoridades "que facilitem uma transição política pacífica".

A+ / A-

O lóbi que representa as maiores empresas norte-americanas pede ao Presidente cessante dos EUA que intervenha para pôr fim aos confrontos no Capitólio, provocados por manifestantes pró-Trump durante a sessão de certificação dos resultados das presidenciais.

"O caos na capital da nação é a consequência de esforços ilegais para mudar os resultados legítimos de uma eleição democrática. O país merece melhor", lamentou o grupo Business Roundtable na sua página da rede social Twitter.

"O Business Roundtable apela ao Presidente e às autoridades que ponham fim ao caos e facilitem uma transição política pacífica", acrescenta a organização.

Esta quarta-feira, apoiantes de Donald Trump invadiram o Capitólio norte-americano e entrarem em confronto com as forças de segurança, enquanto os membros do Congresso estavam reunidos para formalizar a vitória do Presidente eleito, Joe Biden, nas eleições de novembro.

A sessão de ratificação dos votos das eleições presidenciais dos EUA teve de ser interrompida devido aos distúrbios.

Milhares de manifestantes tinham-se reunido hoje em Washington, protestando e contestando a vitória do democrata Joe Biden.

Num comício em frente à Casa Branca, Trump pediu aos manifestantes para se dirigirem para o Capitólio e fazerem ouvir a sua voz, em protesto contra o que considera ser uma “fraude eleitoral”, tendo mesmo dito que “nunca” aceitaria a sua derrota nas eleições de 3 de novembro.

Os manifestantes obedeceram ao comando do Presidente cessante e dirigiram-se para o Capitólio, tendo mesmo forçado a oposição da polícia, que tentou impedir a sua entrada no edifício.

Pelo menos uma pessoa foi ferida por uma bala e a polícia teve de usar armas de fogo para proteger congressistas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+