Tempo
|
A+ / A-

Covid-19: Agência europeia aprova vacina da Moderna

06 jan, 2021 - 12:27 • Redação

A vacina da Moderna é a segunda a ser aprovada na União Europeia, depois do fármaco da Pfizer/BioNTech, que está a ser administrada desde 28 de dezembro.

A+ / A-

Veja também:


A Agência Europeia do Medicamento (AEM) aprovou esta quarta-feira a vacina da farmacêutica Moderna contra a Covid-19.

A vacina da Moderna é a segunda a ser aprovada na União Europeia, depois do fármaco da Pfizer/BioNTech, que está a ser administrada desde 28 de dezembro.

A nova "arma" contra a Covid-19 tem agora de receber a luz verde da Comissão Europeia, o que poderá acontecer nas próximas horas.

De acordo com a Agência Europeia do Medicamento, a vacina da Moderna é tomada em duas doses, com um intervalo de 28 dias.


A AEM autoriza a nova vacina para pessoas a partir dos 18 anos de idade.

A autoridade de saúde da Holanda referiu, esta quarta-feira, que o fármaco da Moderna também será eficaz contra a nova estirpe da Covid-19.

Portugal deve receber mais de 200 mil vacinas da Moderna

No plano de vacinação em Portugal, está prevista a entrega de 227.060 doses de vacina da Moderna durante o primeiro trimestre deste ano. A calendarização da entrega ainda terá de ser confirmada pela empresa.

Esta é a vacina com menos doses previstas para entrega. Neste primeiro trimestre, devem chegar a Portugal 1 229 475 doses da vacina da Pfizer e 1,4 milhões de doses da vacina da Astrazeneca. Contudo, esta última ainda aguarda aprovação.

A vacina da Moderna, que já está a ser aplicada nos Estados Unidos, chega à Europa numa altura em que vários países endurecem as medidas para travar uma terceira vaga da pandemia.

O fármaco também chega numa altura em que começa a circular uma nova variante do coronavírus, que tem uma taxa de transmissibilidade cerca de 70% superior.

[notícia atualizada às 14h14]

Como funcionam as vacinas e como nos protegem do novo coronavírus?
Como funcionam as vacinas e como nos protegem do novo coronavírus?
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ivo Pestana
    06 jan, 2021 Madeira 13:58
    Parabéns, mais uma armapara este combate. Que venham mais.

Destaques V+