Tempo
|
A+ / A-

Nigéria. Bispo libertado após seis dias de sequestro

02 jan, 2021 - 12:15 • Ecclesia

Responsáveis católicos agradecem ao Papa, que intercedeu por D. Moses Chikwe e o seu motorista

A+ / A-

A Igreja Católica na Nigéria anunciou este sábado a libertação de D. Moses Chikwe, bispo auxiliar de Owerri, e do seu motorista, que tinham sido sequestrados no último domingo.

A notícia surge um dia depois de o Papa Francisco ter feito um apelo público à sua libertação, na oração do ângelus desta sexta-feira, no Vaticano.

A Arquidiocese de Owerri, no Estado de Imo, referiu em nota oficial que o bispo auxiliar e o motorista foram libertados, sem o pagamento de qualquer resgate, agradecendo ao Papa e à Polícia local.

Segundo a Agência Fides, do Vaticano, o porta-voz da polícia disse que o motorista foi levado ao Hospital, para receber tratamento a feridas causadas por golpes de faca.

No primeiro dia de 2021, Francisco convidou a rezar para que a Nigéria “reencontre a segurança, a concórdia e a paz”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+